terça-feira, novembro 29, 2011

Festa de Natal dos Benfiquistas de Resende

Clique no cartaz para ampliar.

Festa de Natal dos Dragões de Resende

Clique no cartaz para ampliar.

Comunicado do Prof. Rui Rebelo, treinador do Grupo Desportivo de Resende

A propósito da onda de euforia que tem sido criada em torno da equipa, onda essa, provocada pelos últimos 5 jogos (5 vitórias, 20 golos marcados e 3 sofridos), e que pode ler aqui.

segunda-feira, novembro 28, 2011

Conferência de Anselmo Borges em Coimbra

A propósito do último livro de José Rodrigues dos Santos.
"Queremos que nos ajude a pensar a pessoa inquestionável de Jesus Cristo, e a reflectir sobre perspectivas superficiais e pseudo-científicas que muitas vezes nos chegam por alguma 'literatura' e comunicação social.
Uma noite para fazer perguntas, tirar dúvidas e continuar a fundamentar interrogações", de acordo com o comunicado da organização (Instituto Universitário Justiça e Paz).

domingo, novembro 27, 2011

Resende soma e segue: 4-1 frente ao Sezurense

Este blogue, em sintonia com o actual grupo de trabalho, designadamente o Prof. Rui Rebelo,  sempre acreditou nesta equipa em construção. Por isso, não podia apresentar resultados de um dia para o outro. Está num bom período, mas ninguém  pode mesmo assim  embandeirar em arco e exigir o impossível até ao fim da presente jornada. 
Hoje, mais uma vez, jogaram 7 jogadores da época passada (os mesmos que em 26 jogos ganharam 1 e apenas fizeram 3 pontos). No entanto, muitos adeptos continuam a confundir o novo estádio com a equipa. No futebol não se passa de último para primeiro num "clique". Foi muito por esta pressão que perderam os primeiros 4 jogos. A equipa é  constituída por muitos jogadores com 19,  20 e poucos anos...
O adversário de hoje tinha menos 2 pontos que o GD Resende e bateu-se bem. A nossa equipa foi   um  justo vencedor.  Foi um bom jogo com muito público mais uma vez.
Autores dos golos: 1-0 César; 1-1 sofrido a 2 minutos do intervalo;  2-1 Nelinho; 3-1 Caê; 4-1 Nuno

O Rotary Club de Resende homenageou, no passado dia 18, António Fonseca, Juiz da Irmandade de S. Francisco Xavier

 O Rotary Club de Resende homenageou, no passado dia 18 de Novembro, António da Fonseca, Juiz da Irmandade de S. Francisco Xavier, pelos altos serviços prestados à comunidade resendense. Para além do seu grande mérito profissional, o Rotary Club de Resende quis homenagear a sua personalidade ímpar, pois trata-se de uma pessoa que dedicou e continua a dedicar grande parte da sua vida aos outros, indo de encontro ao lema rotário ?Dar de Si antes de pensar em Si?.
Ao jantar festivo, que contou com a presença da Vereadora da Cultura, Dulce Pereira, em epresentação da Câmara Municipal de Resende, associaram-se cerca de 60 pessoas, entre familiares, amigos e companheiros do Clube de Resende O homenageado é natural da freguesia de S. Martinho de Mouros, em Resende, onde reside. É carpinteiro de profissão e foi deputado da Assembleia Municipal de Resende e vereador da mesma Câmara entre 2002 e 2005. É Juiz da Irmandade S. Francisco Xavier desde Abril de 1993, onde se empenhou e dedicou à instituição, trabalhando em prol da população mais vulnerável e carenciada. À frente desta instituição tem realizado diversas iniciativas de índole cultural e social destacando-se a criação de apoio domiciliário e centro de dia e a construção do Lar de Idosos que se encontra em funcionamento desde Julho de 2011.
Foi com alguma emoção que António Fonseca agradeceu ao clube esta homenagem, mostrando-se muito satisfeito e contente com a presença da sua família e amigos neste momento de grande festa.
Recorde-se que anualmente os Clubes Rotários fazem uma homenagem, nas suas comunidades, a profissionais que se distinguem pelas suas qualidades éticas e morais e se constituem como referências de conduta. Neste âmbito, no presente ano Rotário, o Rotary Club de Resende decidiu, por unanimidade, atribuir a homenagem ao profissional António Fonseca.
O Rotary Club de Resende

sábado, novembro 26, 2011

Crises e oportunidades (2), por ANSELMO BORGES

Publicado no DN de hoje, que pode ler aqui.

Dia da Floresta autóctone assinalado em Resende: Crianças plantam dezenas de árvores no Penedo de S. João*

O Presidente da Câmara Municipal de Resende deslocou-se, no dia 23 de Novembro, à freguesia de Freigil, para participar na plantação de árvores, no âmbito da I Semana da Floresta promovida pela Associação Florestal de Entre Douro e Tâmega.
Assim, a freguesia de Freigil, mais propriamente a zona envolvente ao Penedo de S. João, recebeu 180 árvores de espécies autóctones, entre carvalhos e pinheiros mansos, que foram plantadas com o apoio de 22 alunos que frequentam o 4.º ano de escolaridade no Centro Escolar de Resende.
Esta iniciativa da Associação Florestal de Entre Douro e Tâmega com o apoio do Município de Resende, para além de assinalar o Dia Internacional da Floresta Autóctone, pretende sensibilizar a população em geral, os proprietários florestais e a comunidade escolar para a necessidade de defesa da floresta e da gestão florestal sustentável.
De referir que o Dia da Floresta Autóctone foi instituído com o objectivo de promover a importância da conservação das florestas naturais, pois trata-se de um dia mais adaptado às condições climatéricas portuguesas, para se proceder à sementeira, ou plantação de árvores, alternativo ao Dia Mundial da Floresta assinalado no dia 21 de Março, que foi criado, inicialmente, para os países do Norte da Europa.
O Gabinete de Comunicação e Imagem da CM Resende

quinta-feira, novembro 24, 2011

Anselmo Borges nas Jornadas Teológicas do Instituto Superior de Teologia, em Viseu

Anselmo Borges foi o primeiro conferencista destas Jornadas Teológicas, organizadas pelo Instituto de Teologia, que decorreram nos passados dias 21 e 22, em Viseu. Falou do tema “Secularização e Cristianismo” logo após a sessão de abertura, das 10 às 12h, com um intervalo, tendo havido um pequeno espaço de debate no final. Foi uma conferência seguida com muito interesse pelos participantes, entre os quais se integravam estudantes de teologia, sacerdotes e professores.
Começou por contextualizar desde as origens do cristianismo esta questão, tendo feito a destrinça conceptual entre secularização, laicidade e laicismo. Caracterizou o pensamento da modernidade, que veicula a realização da salvação da humanidade na imanência da história, como ateísmo positivo, profundamente inspirado e imbuído de uma concepção teológica. E definiu a pós-modernidade, em que vivemos, como a secularização da secularização.
Realçou que o cristianismo começou por ser surpreendentemente secular. Havia ministérios e carismas, mas não havia castas sacerdotais. A liturgia era celebrada em torno de uma refeição. Não havia templos nem língua sagrada. Com razão, a nova religião foi acusada de ateísmo.
O mundo antigo tinha uma visão panteísta ou panteizante da natureza e do mundo, ao contrário da concepção bíblica, de que o Ocidente é herdeiro, em que há uma separação entre Deus e o mundo, criatura e Criador. Deus criou do nada, ex-nihilo, livremente e por amor. O mundo não é divino. Não há rivalidade nem concorrência de interesses entre Deus e a criatura. A ciência progrediu no Ocidente, devido a esta distinção. Já no séc. XIII, S. Tomás de Aquino, na linha e por influência da “filosofia árabe-aristotélica” na península ibérica, reivindicou para a filosofia o estatuto de um corpo de conhecimentos como uma construção autónoma e crítica da razão, cujo contributo foi fundamental para a elaboração e fundamentação dos seus princípios teológicos. Foi tudo isto que tornou possível o despontar do Iluminismo séculos mais tarde. A esta luz, ganham todo o sentido as palavras de Cristo “dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”.
Infelizmente com o avanço do cristianismo ao longo do império romano, a mensagem e a prática foram sendo desvirtuadas. Constantino instrumentalizou a nova religião, “por motivos de Estado”, convocando concílios e desterrando patriarcas e bispos. A partir de então, “a contaminação” entre o poder espiritual e temporal estabeleceu-se. Com o Papa Bonifácio VIII, que fixou a doutrina dos dois poderes, os reis eram ungidos e governavam em nome de Deus por delegação. Mesmo Lutero reconhecia o carácter divino da autoridade estabelecida.
Foi no tratado de paz de Vestfália de 1648, que pôs fim à guerra dos 30 anos ( onde estiveram em jogo, entre outras, motivações religiosas), que se utilizou a designação “secularização” como apropriação/transferência dos bens eclesiásticos para o Estado. Na origem está o vocábulo latino saeculu(m), que significa período de 100 anos, vida no mundo, por contraposição à vida religiosa. Por isso se diz de um padre, quando abandona a vida sacerdotal, que passou ao estado secular ou estado laical. Do uso no âmbito da esfera jurídica passou para a esfera cultural, que hoje tem.
Anselmo Borges defendeu um Estado laico, estabelecendo a diferença entre os valores da laicidade, que defende um quadro normativo respeitador da adesão ou não a uma religião e ao direito de manifestação pública das crenças religiosas, de laicismo que pugna pela erradicação da religião da esfera pública, remetendo-a para a esfera privada de forma a diminuir e a anular a influência religiosa na sociedade. Referiu que um Estado laico não pode deixar de considerar o papel social e cultural das instituições religiosas e de agir em conformidade. Disse também que a religião pode constituir um recurso na orientação da razão, na busca de princípios e normas éticas, na articulação para a sensibilidade moral. Neste sentido, trouxe à colação uma reflexão de Habermas (que é agnóstico), escrita depois do 11 de Setembro, em que chama a atenção de algo que a razão não pode explicar: o perdão. Porque o perdão, uma dimensão constitutiva da matriz religiosa, designadamente a cristã, é um milagre, já que o algoz não tem direito ao perdão, e a vítima não é obrigada a perdoar. E o mesmo filósofo “reivindica” a necessidade da ressurreição dos mortos como imperativo ético, pois só assim será feita justiça aos milhões e milhões de vítimas inocentes.
Se na modernidade ainda se luta e promete a redenção na terra, sendo a teologia uma antropologia, na nossa época (na pós-modernidade) vive-se a secularização da secularização. È o fim das grandes narrativas, em que predomina a desconfiança da razão. É a era do pensamento débil e das pequenas histórias. É o mundo sem Deus, embora com religiões a mais, e caracterizado pela perda de sentido. É o tempo da sociedade sem tabus, excluindo a morte, que é grande questão insolúvel, e por isso apresentada como tabu.
“E encarnou pelo Espírito Santo no seio da Virgem Maria, e se fez Homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escritura…”, proclamamos no Credo. O que aconteceu entre o nascimento e a ressurreição? O percurso dos discípulos com Jesus, que ouviram as suas palavras e viram os seus gestos e sinais, constituiu uma experiência avassaladora, de tal forma que alterou o rumo das suas vidas. Tornou-se-lhes claro que o Deus que Ele anunciou, era um Deus de Vida. E Jesus tinha de “estar” vivo. Foi esta profunda convicção que os mobilizou a anunciar a Boa Nova, dando por isso a vida e a vida até à morte.
A terminar, Anselmo Borges lançou o desafio para que se recupere o roteiro da vida de Jesus Cristo, acrescentando que mundo secularizado tem a vantagem de implicar uma fé mais esclarecida e uma mais consequente coerência de vida. Mas tem de haver uma maior sintonia da Igreja com o Mundo, tornando, designadamente, "as celebrações mais atractivas, com liturgias belas”, concluiu.

quarta-feira, novembro 23, 2011

Dadores de medula óssea em Resende*

Com o caso do filho do conhecido jogador de futebol, Carlos Martins, houve um despertar de consciências na sociedade, essencialmente no interior do País.
Por esse motivo, estamos a reunir o máximo de pessoas do Concelho de Resende ou outras, que estejam interessadas em ser dadores de medula óssea.
O número mínimo  de pessoas deverá ser de trinta, uma vez que a equipa vai-se deslocar de Lisboa.
Nunca se sabe quando este mal nos bate à nossa porta.  Temos que ser solidários.
*Pedido remetido por Herculano Teixeira
Nota pessoal: Concordo totalmente.  Oxalá que com este despertar de consciências qualquer pessoa (anónima) venha a merecer a mesma atenção. As gentes de Resende são solidárias.

Edição de Novembro do Jornal de Resende

A inauguração do Posto da GNR de Resende, pelo Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, é o tema central da edição de Novembro do Jornal de Resende.
Destaque, também, para quatro Resendenses que se distinguem fora do concelho: Joaquim Pinto, homenageado pelo Instituto Luso-Árabe; Valdemar Cardoso, homenageado na Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes; Tomás Ramalho, o rosto do In Tocha; Maria de Jesus Fernandes, uma pintora de arte naïf.
Na publicação, a sair no final desta semana, destaca-se, também, uma entrevista a Horácio Saraiva, Presidente da Junta da Panchorra, numa rubrica assinada por Marinho Borges, intitulada “Ao almoço com…”, patrocinada pelo restaurante Gentleman.
Terá, ainda, oportunidade de ler sobre a situação financeira da Câmara Municipal de Resende, a ligação em rede dos autarcas dos Municípios do Vale do Douro Sul, a homenagem prestada pela ATMDV a Brito de Matos e a participação da Secundária de Resende no 3.º Encontro do Projeto Pysa, realizado em Copenhaga (Dinamarca), entre outras notícias e os habituais artigos de opinião, da autoria do Dr.º João Teixeira e Dr.º Joaquim Correia Duarte.

terça-feira, novembro 22, 2011

Anselmo Borges no Dia Mundial da Filosofia no Casino da Figueira da Foz

Clique na página do Diário As Beiras ( 21-11) para ampliar.

Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos associou-se à homenagem ao Prof. Doutor Valdemar Cardoso*

No dia 29 de Outubro foi promovida na sede da Comissão de Viticultura Região Vinhos Verdes, no Porto, uma homenagem ao médico e professor da Faculdade de Medicina da Universidade (FMUP), Valdemar Cardoso. O evento contou com a presença do bastonário da Ordem dos Farmacêuticos (OF), do presidente do Conselho de Deontologia Farmacêutica da OF, Francisco Carvalho Guerra, e do professor jubilado da FMUP e Prémio Nacional de Saúde 2010, Daniel Serrão.
Na ocasião, Valdemar Cardoso, ilustre cirurgião e professor jubilado da FMUP, foi lançado, em sua homenagem um vinho branco "Valdemar Cardoso - Homenagem", produzido com uvas da Quinta da Massôrra, em Resende.
Retirado do site da OF (link)

Decisões da Câmara Municipal

Gosto de ler as actas das reuniões da Câmara Municipal de Resende. Das decisões tomadas chamaram-me a atenção as seguintes:
-Foram aprovados encargos para o Passeio Sénior 2011 no valor de 19.700€, com a abstenção dos vereadores do PSD por “…considerarem que no actual contexto de crise seria de realizar uma actividade menos dispendiosa…” (Acta 17-Reunião de 5 de Setembro)
-Foi aprovada a não renovação dos contratos de parceria do projecto “Rede de Mediadores” da EPIS, com a abstenção dos vereadores do PSD. (Acta 17)
-Foi concedida autorização de utilização do Edifício Náutico do Complexo Fluvial de Caldas de Aregos ao Clube Náutico pelo prazo de 10 anos, prorrogáveis, com aprovação por unanimidade. (Acta 18-Reunião de 18 de Setembro)
-Foi aprovada por unanimidade o Protocolo de Colaboração para utilização do novo Estádio Municipal de Fornelos a celebrar entre o Município de Resende e o Grupo Desportivo de Resende. (Acta 18)

segunda-feira, novembro 21, 2011

"Público" apresenta aposta na educação em Resende como caso de sucesso*

Autarquias gastam menos de 15% do orçamento em educação e apoio a idosos. Mas há casos exemplares. Como o de Resende e planalto mirandês
Há 10 anos, Resende, um concelho na margem esquerda do Douro do distrito de Viseu, registava uma das taxas mais elevadas de insucesso e de abandono escolar do país. Mas uma forte aposta na educação por parte da câmara municipal inverteu esta realidade e, hoje, Resende tem taxas anuais brutas de pré-escolarização e do ensino básico superiores à média nacional. Convicto que o grande potencial do concelho só poderia fazer-se com uma aposta na educação, António Borges, presidente da câmara, colocou Resende no mapa quando em 2006 inaugurou o primeiro centro educativo do concelho, em S. Martinho de Mouros, um modelo que serviria de exemplo para o Governo de José Sócrates, que acabaria por o replicar pelo país. Na nova escola, onde se passou a ensinar Inglês, as salas têm quadros interactivos, recintos para a prática desportiva, bibliotecas, auditórios e outros equipamentos de última geração.
"Resende tem hoje uma escola que responde do ponto de vista do projecto educativo às necessidades de qualificação dos nossos jovens", afirma António  Borges, que já investiu cerca de 25 milhões de euros no novo modelo de rede escolar que pensou para o concelho. Neste bolo, está também incluído o apoio socialàs famílias mais carenciadas. Diariamente são servidas gratuitamente refeições a cerca de 70% da população do pré-escolar e do primeiro ciclo,  revela o presidente. Quando se fala dos investimentos autárquicos nas áreas sociais, a educação, o apoio às famílias carenciadas e aos idosos são os que surgem no primeiro lugar das prioridades. Em termos gerais, em Portugal os municípios gastam  9,3% da sua despesa total em educação (em Espanha esse valor sobe para 20%) e o apoio a idosos - uma competência cada vez mais sob a alçada das  autarquias - absorve 2,9% da despesa total dos municípios portugueses. É muito, é pouco? Registando-se grandes variações na atenção que os autarcas concedem a estas áreas, a média pode ser ilusória. O que se sabe em termos nacionais é que há exemplos alvo de atenção.
Se Resende é um caso de estudo na educação, em três municípios do planalto  mirandês (Mogadouro, Vimioso e Miranda do Douro) as prioridades vão para o apoio social. Face a uma população envelhecida e em forte regressão populacional  (Mogadouro e Vimioso registaram um decréscimo populacional superior a 10%  entre 2001 e 2011 e Miranda do Douro perdeu 7,28% da sua população), as autarquias desenvolveram um projecto de apoio domiciliário de cuidados paliativos, queresulta de uma parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian, centros de saúde e Santa Casa da Misericórdia.
O projecto está a funcionar há dois anos e a ideia partiu da médica Jacinta  Fernandes, coordenadora do projecto. Três equipas multidisciplinares asseguram diariamente o apoio à população mais idosa daqueles três concelhos. Neste momento, segundo disse ao PÚBLICO Jacinta Fernandes, as equipas prestam  apoio a 67 doentes, com idades entre os 65 e os 80 anos, mas também asseguram o apoio psicossocial às famílias destes idosos. Com 9587 habitantes, Mogadour é o concelho que tem mais doentes, enquanto Miranda do Douro conhece um índice de envelhecimento elevado. De acordo com um diagnóstico social do município de Miranda, feito há dois anos, aquele concelho registava uma taxa de envelhecimento de 236,1%, bem superior à média nacional, situada nos 102,6%.
Atritos com as IPSS
Numa altura em que o Governo pondera transferir mais competências para os  municípios, particularmente na área social, mas também na saúde, ambiente e ordenamento do território, o presidente da Confederação Nacional das IPSSS, padre Lino  Maia, assinala o trabalho que as autarquias desenvolvem, mas diz que épreciso acabar com a "concorrência desleal" que paira entre o poder local e as IPSS.  "Havendo instituições de comunidade que respondam às situações, o poder local deve apoiá-las e promover uma certa articulação para que não haja pessoas  que fiquem sem resposta", diz, lembrando que "a colisão" entre os serviços  das IPSS e os que as autarquias prestam "é mais visível a nível do pré-escolar, dos ATL e das actividades de enriquecimento curricular".
De resto, Lino Maia aproveita para dar conta da falta de articulação que  existe por parte da Rede Social - um serviço de coordenação implementado pelo Governo para agilizar o trabalho prestado pelo poder local e pelas  instituições de comunidade. "As IPSS têm algumas reservas relativamente à Rede Social que, muitas vezes, funciona como extensão do poder local, funcionando como  uma espécie de pelouro de acção social das autarquias", critica. A este propósito, revelou que a Confederação Nacional das IPSS fez chegar já  ao Governo uma proposta para que seja alterada a legislação da Rede Social no sentido de a tornar mais eficaz, porque, sublinha, "não é eficaz e nem  sempre tem funcionado bem. Presta-se muitas vezes a um certo proteccionismo  em relação àqueles que têm afinidades político-ideológicas perante quem está nas câmaras". "O objectivo é tornar a Rede Social mais comunitária e menos  autárquica",defende Lino Maia.
* Artigo de Margarida Gomes ( Jornal Público de 20 de Novembro de 2011)

Ceia de Natal d' "Os Amigos de S. Cristóvão"

 
Clique no cartaz para ampliar.

Vitória por 4-1 do GD Resende fente à equipa Os Ceireiros

Convém referir que a equipa Os Ceireiros (de Penedono) tinha ganho por uma bola,  em casa,  ao 1ª classificado na jornada anterior.
Neste jogo, o Resende foi superior do princípio ao fim.  Contra a corrente do jogo,  sofreu 1 golo. Poucos minutos depois,  empatou. Quase a finalizar a 1.ª parte,  veio um balde de água fria: o médio Sequeira foi expulso por acumulação de amarelos (bem expulso). Toda a 2ª parte foi assim jogada com menos 1 homem.
Os jogadores foram guerreiros e heróis, pois com menos 1 homem conseguiram  marcar mais 3 golos. Foi uma vitória dos jogadores que tiveram uma atitude fantástica.
Os golos foram marcados por Hugo Monteiro (2), César (1) e Paulo (1)
Com esta vitória, o GD de Resende sobe para a 5.ª  posição do Campeonato Distrital, 1.º Divisão da Zona Norte.

domingo, novembro 20, 2011

Prenda de Natal para a Escola de Futebol "Os Afonsinhos": irão participar no II Convívio da Scuola Calcio do A. C. Milan*

Com o Natal bem pertinho, OS AFONSINHOS já pensam no que proporcionar aos seus alunos da Escola de Futebol Inclusiva, numa época que é tão ternurenta , familiar e de sonhos por concretizar!
Acreditamos no nosso trabalho, já o afirmei e volto a reafirmar, e por isso as portas abrem-se com muita facilidade, e as oportunidades aparecem.
Nesse sentido, fomos amavelmente convidados a participar no II CONVIVIO de Escolas de Futebol do A. C. MILAN ! Repito: do A. C. MILAN.
Para um grupo de meninos das freguesias de Paus, Barrô, São João de Fontoura  e São Martinho de Mouros, julgo que é um sonho espectacular e uma oportunidade única.Lembramos que esta Escola de Futebol é a escola com mais titulos no mundo e muitissimo prestigiada e credibilizada.
Este II Convivio será realizado no Estádio do Bessa, e contará com a presença de cerca de 500 meninos e o mais importante é que vão lá estar meninos do nosso querido concelho de Resende!!!
Será importante este tipo de iniciativas, perguntarão os pedagogos do costume?
Claro que julgamos que sim!!Então não é justo proporcionar aos nossos meninos poderem estar junto dos melhores e conviver com estas iniciativas? Lógico que sim! Não será justo dar a estes meninos a oportunidade de fazer o que mais gostam, jogar futebol, num relvado natural e num magnifico Estádio? Lógico que sim.
Não posso deixar de agradecer, mais uma vez aos pais, que são fantásticos, dedicados, interessados e que proporcionam aos seus filhos a oportunidade de practicarem desporto e adquirirem conhecimentos. Para eles dedicamos esta nossa participação no Convivio A.C. MILAN.
Continuamos a acreditar que é este o caminho, é esta a dedicação que temos de ter, e é esta atitude que nos abrirá portas fora do nosso querido concelho de Resende, para demonstrar-mos a toda as pessoas que em Resende se trabalha bem no Desporto, que temos condições fantásticas para a práctica do mesmo, e que não somos só a terra das Cerejas e das Cavacas.
Obrigado aos pais mais uma vez, pelos filhos fantásticos que têm, ao Ricardo Quintino, ao João Sequeira, ao Ismael, ao nosso patrocinador RMCV , á Autarquia de Resende , na pessoa do SR. Presidente António Borges e a todos os que acreditam em nós e sabem do que somos capazes.
Parafraseando José Mourinho:
" NÃO SOMOS PROVOCADORES, O MUNDO É QUE É HIPÓCRITA."
*Notícia remetida por Marcos Antunes

sábado, novembro 19, 2011

Anselmo Borges escreve sobre "Crises e oportunidades (1)"

No DN de hoje, que pode ler aqui.

D. António Couto, novo bispo de Lamego*

Bento XVI nomeou hoje como novo bispo de Lamego D. António Couto, até agora auxiliar de Braga, revelou a Nunciatura Apostólica [embaixada da Santa Sé] em comunicado enviado à Agência ECCLESIA.
O prelado, de 59 anos, substitui no cargo D. Jacinto Botelho, bispo de Lamego desde o ano 2000, que apresentara a sua renúncia ao Papa por ter atingido o limite de idade imposto pelo direito canónico (75 anos), em 2010.
“Saúdo e abraço a bela, antiga e ilustre Diocese de Lamego, todos os filhos e filhas de Deus que nela levantam as mãos e o coração para Deus, desde os mais pequeninos até aos mais idosos, todos e todas as comunidades e paróquias, com os/as seus/suas catequistas, cantores, acólitos, leitores, zeladoras, confrarias, movimentos, ministros da comunhão, animadores da caridade, seminaristas, institutos religiosos e seculares, diáconos, presbíteros, serviços e secretariados, colégio de consultores e cabido da Sé Catedral, e o meu querido amigo e irmão no episcopado, D. Jacinto Tomás de Carvalho Botelho, a quem saúdo com particular afeto”, assinala o novo bispo, na mensagem que endereçou à diocese.
D. António Couto vai marcar presença, este domingo, na celebração do Dia da Igreja Diocesana, em Lamego, e a tomada de posse está marcada para 29 de janeiro de 2012.
O prelado deixa uma palavra de “afeto e gratidão” à diocese de Braga, em particular ao arcebispo D. Jorge Ortiga e a D. Manuel Linda, bispo auxiliar.
D. António José da Rocha Couto nasceu a 18 de abril de 1952 em Vila Boa do Bispo, concelho de Marco de Canaveses, distrito e diocese do Porto.
A 2 de outubro de 1963 entrou no Seminário de Tomar, da Sociedade Portuguesa das Missões Ultramarinas, hoje Sociedade Missionária da Boa Nova, na qual foi ordenado padre, em 1980.
Em Roma, na Pontifícia Universidade Urbaniana, obteve a licenciatura canónica em Teologia Bíblica, em 1986, e em 1989 o respetivo doutoramento, depois da permanência de cerca de um ano em Jerusalém, no ‘Studium Biblicum Franciscanum’.
No ano letivo de 1989-1990 foi professor de Sagrada Escritura no Seminário Maior de Luanda, antes de regressar a Portugal, onde é professor da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa.
O novo bispo de Lamego foi reitor do Seminário do Seminário da Boa Nova, de Valadares, de 1996 a 2002, ano em que foi eleito Superior Geral Sociedade Missionária da Boa Nova.
D. António Couto ocupou este cargo até à data da sua ordenação episcopal, em 23 de setembro de 2007, após ter sido nomeado, por Bento XVI, bispo auxiliar de Braga.
*Notícia da Agência Ecclesia (link)

sexta-feira, novembro 18, 2011

Ao jantar, no restaurante "Gentleman", com Rui Rebelo, treinador do GD Resende

Pode ler aqui o resumo do percurso do Professor Rui Rebelo, actual treinador do Grupo Desportivo de Resende, a partir de uma interessante conversa num jantar que teve lugar no restaurante "Gentleman", e que foi objecto de um apontamento para o Jornal de Resende, número de Outubro de 2011.
Deparei-me com um treinador sereno, realista, prudente, conhecedor do terreno que pisa. Por isso, não cede a ilusões nem a promessas fáceis. Aposta tudo em cada jogo; é persistente. Sabe lidar como ninguém com o factor/capital humano, a maior riqueza num clube pobre.

quarta-feira, novembro 16, 2011

Magusto da Paróquia de Anreade

No próximo Domingo, dia 20 de Novembro, durante a tarde, com organização da ASSOCIAÇÃO PAROQUIAL "MIGUEL ANJO", vai realizar-se o tradicional MAGUSTO PAROQUIAL.
Estão convidadas todas as pessoas da freguesia, e especialmente as crianças da catequese e os seus catequistas.
Se estiver bom tempo, será no Adro Paroquial; se estiver a chover, no Salão Polivalente do Centro Paroquial.
O Pároco e a Direcção da "MIGUEL ANJO" esperam a presença de todos.
Retirado do blogue da Paróquia de Anreade (link)

terça-feira, novembro 15, 2011

A propósito da imagem “ Santa Ana ensinando Maria a ler”

O jornal Público tem vindo a divulgar no suplemento P2 “100 Tesouros da Arte Sacra Nacional”. O de hoje é uma estátua do séc. XVIII, em madeira talhada, dourada, estofada e policromada, 63,5x39cm, que integra o rico património da diocese de Bragança-Miranda. Na representação, Nossa Senhora-menina debruça-se sobre o livro que está no colo da mãe, parecendo não se limitar a ouvir, pois faz um gesto de entendimento, como refere o Público.
Só há relativamente pouco tempo soube, pelo Anselmo, que existe uma imagem semelhante sobre o mesmo tema na sacristia do Santuário dos Remédios, em Lamego, como pode ser testemunhado pela foto. Esta representação simboliza  muita coisa: que Nossa Senhora, apresentada como exemplo de sabedoria,  discernimento e de busca de aperfeiçoamento, aprendeu a ler com o objectivo sobretudo de melhor poder interpretar e compreender as Escrituras (presume-se). Mas foi exemplo que não fortificou no seio da Igreja, pois, neste aspecto, foi amplamente cultivada e incentivada a iliteracia bíblica, o que talvez ajude a explicar a retirada destas imagens para as sacristias ou outros locais discretos.  Esta (relativa) ignorância e falta de debate relativamente à Bíblia não ajuda nada a ler criticamente e de forma esclarecida o “Último Segredo”, de José Rodrigues dos Santos.
Anselmo Borges defende a existência da cátedra do estudo da Bíblia nas Universidades Portuguesas, tal como acontece na Alemanha. E não tem fugido ao debate, como aconteceu no Encontro Regional dos Antigos Alunos da Sociedade Missionária da Boa Nova, realizado no passado domingo em Valadares, e que pode ver e ouvir aqui.

Resende: Dois carros parcialmente destruídos em incêndio numa oficina

Viseu, 14 nov (Lusa) -- Dois carros ficaram hoje (isto é, ontem)  parcialmente destruídos na sequência de um incêndio numa oficina de reparação de viaturas de Resende, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro à Agência Lusa.
O incêndio, que ocorreu cerca das 19:00, ficou confinado "à estrutura de pintura da oficina".
Ao local deslocaram-se sete bombeiros, apoiados por quatro viaturas.
Nota: Esta notícia foi difundida pela Lusa e reproduzida por vários jornais (Jornal de Notícias, Expresso, Diário Digital...)

Anselmo Borges na conferência comemorativa do Dia Mundial de Filosofia no Casino da Figueira da Foz

No Casino Figueira: Ética, Economia, Ambiente e Política no Dia Mundial da Filosofia
É já na próxima quinta-feira, dia 17 de Novembro, a partir das 21h00, que o Casino Figueira debate “Ética, Economia, Ambiente e Política” em mais uma comemoração do Dia Mundial da Filosofia.
Três filósofos de formações distintas – o teólogo e docente da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Anselmo Borges; o economista e professor catedrático da Universidade de Aveiro, José Manuel Moreira; e o professor nas universidades de Salamanca, Córdoba e Complutense de Madrid, José Maria Garcia Goméz-Heras – são os convidados para uma conferência que terá na moderação o jornalista, analista político e professor do Ensino Superior, Carlos Magno, recentemente eleito presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC)
Retirado daqui

Resende vende lotes de terreno na área empresarial de Anreade: São 13 lotes de terreno à venda por 4,50 euros/m2*

Encontra-se aberto o processo de candidaturas à aquisição de lotes de terreno na área empresarial de Anreade, em Resende, localizada junto à EN 222 e ao Pavilhão Gimnodesportivo daquela freguesia.
Conforme adianta o Presidente da Câmara Municipal de Resende, António Borges, trata-se de mais um contributo do Município para a fixação de empresas e para a animação económica do concelho e é, por isso, que a alienação dos lotes que estão completamente infraestruturados se faz a preço simbólico.
No total encontram-se à venda 13 lotes de terreno, numa área de construção total de 24.850 m2, sendo que a área de cada lote é de 200 a 3712 m2 e permite a construção de edifícios com dois pisos. O preço de venda por m2 é de 4,50 euros.
As candidaturas devem ser entregues na Câmara Municipal de Resende ou enviadas pelo correio, sob registo e com aviso de recepção, até ao dia 29 de Novembro. Mais informações sobre o processo encontram-se disponíveis no sítio www.cm-resende.pt
Trata-se de uma obra da Câmara Municipal de Resende que representa um investimento no valor global de 600.000,00 euros e que incluiu trabalhos de terraplanagem, pavimentações, construção de muros de suporte, passeios e caldeiras para a plantação de árvores e instalação de sinalização vertical e horizontal.
O Parque Empresarial de Anreade é uma aposta da Câmara Municipal de Resende com o objectivo de captar novos investimentos e incentivar o desenvolvimento económico no concelho.

*O Gabinete de Comunicação e Imagem da CMR

segunda-feira, novembro 14, 2011

Conferências do Douro Sul-2011

Para mais informações e inscrições poderá consultar o sítio electrónico: www.conferenciasdourosul.amvds.pt. Clique no cartaz para ampliar.

Município de Lamego recebeu Torneio de Abertura “Dr. Brito de Matos” Época 2011/2012 da Associação de Ténis de Mesa do Distrito de Viseu*

 Decorreu no passado sábado, dia 12 de Novembro, no Pavilhão Desportivo do Agrupamento Vertical de Lamego, o Torneio de Abertura “Dr. Brito de Matos” Época 2011/2012 na modalidade de Ténis de Mesa, em todos Escalões/Sexo, marcando assim o início do arranque da nova Época Desportiva a nível Federado, organizado pela Associação de Ténis de Mesa do Distrito de Viseu.
Antes do início do evento, foi entregue a viúva do Dr. Brito de Matos, um cartaz emoldurado, homenageando e perpetuando desta forma o nome do ex autarca, ao Torneio de Abertura da ATMDV.
Marcaram presença 6 clubes dos 9 clubes filiados na presente Época, num total de 70 Atletas Federados, de vários pontos do Distrito de Viseu.
Este evento, teve o apoio da Autarquia de Lamego, com a oferta dos almoços e do Agrupamento Vertical de Lamego, pela cedência do Pavilhão Desportivo.
Esteve presente no evento o Presidente da Autarquia de Lamego, Francisco Lopes, a Vereadora do Pelouro do Desporto, Margarida Duarte e da parte da Associação Sérgio Sousa, Director Técnico Distrital, Aquilino Pinto, Presidente da Direcção, Filipe Lima e José Correia Presidente e vice da Assembleia Geral.
*Artigo elaborado pelo Gabinete de Comunicação e Imagem da ATMDV

FOTO1- Sr.ª Odete Matos, viúva do ex autarca de Resende, Brito de Matos, recebe cartaz emoldurado, das mãos de Aquilino Pinto, Presidente da Direcção da ATMDV, acompanhado pelo Autarca de Lamego, Francisco Lopes e pela Vereadora do Desporto, Margarida Duarte.
FOTO 2 – Foto de família de todos os Atletas presentes no Torneio de Abertura 2011/2012.

Novo serviço de pedido de Passaporte Electrónico Português na Loja do Cidadão (de Resende)

Concessão de passaporte passa a ser mais simples e rápido
Informam-se todos os munícipes que podem fazer o pedido de Passaporte Electrónico Português nos serviços de registo na Loja do Cidadão em Resende.
O protocolo de colaboração assinado entre o Instituto dos Registos e do Notariado, IP e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, torna agora possível fazer o pedido de Passaporte Electrónico Português através dos serviços de registo, nas conservatórias e Lojas do Cidadão, em todas as sedes do concelho.
Não necessitam, por isso, os munícipes de se deslocar ao governo civil para obter um passaporte comum.
Assim, o pedido de concessão do Passaporte Electrónico Português passa a ser mais simples e rápido.
*Retirado daqui.

domingo, novembro 13, 2011

GD Resende ganhou por 5-1 frente ao Carvalhais


Foi um jogo muito difícil,  pois o Carvalhais só por uma vez tinha perdido fora. Convém referir que  no ano passado andava numa divisão superior e  este ano reforçou o plantel  com jogadores oriundos dos campeonatos nacionais.
O Resende,  na 1ª parte,  teve 6 grandes oportunidades para marcar,  mas só o fez por 2 vezes. O adversário dava boa réplica e também dispôs de uma grande oportunidade perto do intervalo. No início da segunda parte,  o Carvalhais dispôs de um penalti que desperdiçou, mas minutos mais tarde,  de livre directo,  reduziu para 2-1. De seguida, surgiu o 3-1 e,  mais tarde,  os 2 últimos golos.
Este jogo contou com muita assistência e com uma grande claque, protagonizada pelos "Guerreiros Azuis"  sempre a apoiar e a colorir mais o espectáculo.  Por feliz coincidência,  o respectivo  líder, "JP",  fez anos hoje. No final do jogo,  todo o grupo de trabalho fez um círculo na relva e, com o "JP" no meio, foram-lhe cantados os "parabéns a você",  que o público acompanhou.
Os jogadores que marcaram foram os seguintes: Nuno Nesco; Esteves; Caê; Ruizito; e César Veiga.
Convém realçar que  o Carvalhais Futebol Clube  foi a melhor equipa que jogou cá,  em Resende,  este ano. 
Estão mais uma vez de parabéns todos os jogadores do GD Resende, a equipa de trabalho, designadamente o treinador, Rui Rebelo, e, claro, o aniversariante "JP".
Notas: as fotos são de arquivo.

sábado, novembro 12, 2011

Culturas e crítica

É o título do artigo de Anselmo Borges, publicado no DN de hoje, que pode ler aqui.

Dragões de Resende organizam Magusto

Clique no cartaz para ampliar

sexta-feira, novembro 11, 2011

Vinho de Paixão em Homenagem de Valdemar Cardoso, da Quinta da Massôrra*


Realizou-se no passado dia 29 de Outubro, nas instalações da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, no Porto, uma justa Homenagem ao Prof. Dr. Valdemar Cardoso, ilustre filho de Resende.
Família , colegas e amigos juntaram-se para assistirem ao lançamento de um vinho feito em sua honra, produzido na Quinta da Massorra, em S. João de Fontoura.
Trata-se de um lote muito especial de vinho branco da colheita de 2010, produzido exclusivamente a partir da casta Arinto, fermentado e estagiado em cascos novos de carvalho francês.
A garrafa está vestida com um belíssimo rótulo da autoria do pintor Henrique Vaz Duarte, que conseguiu retratar Valdemar Cardoso, médico, amigo, marido e pai, com um realismo impressionante.
No contra-rótulo, para além das dedicatórias da esposa e filhos, quiseram testemunhar a amizade que nutrem pelo Homenageado, o Prof. Dr Hipólito-Reis e o Dr Miguel Cadilhe, através de duas dedicatórias cheias de significado.
Este vinho, produzido em quantidade limitada, encontra-se à venda apenas na Quinta da Massorra. 
Está um vinho muito bom, para aguentar 8 – 10 anos sempre a melhorar, apesar de ser um branco.
Tal como o que saiu na Revista de Vinhos, fermenta e estagia em cascos de carvalho francês durante cerca de 10 meses. Tem uma cor citrina acentuada devido ao estágio oxidativo; apresenta uma densidade em boca fora do vulgar; uma estrutura que lhe garante potencial de guarda e envelhecimento em perfeitas condições durante vários anos; e apresenta aromas de fruta madura, abaunilhados e tostados típicos do estágio em cascos de grande qualidade; e um final de boca persistente.
 *Retirado do site da Quinta da Massôrra (link) e informação colhida junto do produtor, Eng. Rui Cardoso

Revista de Vinhos distinguiu vinho branco 2010 da Quinta da Massôrra

A Revista de Vinhos, de Novembro de 2011, seleccionou como uma das novidades do mês o vinho branco 2010/Colheita Seleccionada (Reg. Minho) da Quinta da Massôrra, pontuando-o com 16. Eis a síntese das características deste vinho, descrita na Revista: “Arinto 100%. Cor acentuada e aroma intenso e personalizado, flores secas, mel, laranja cristalizada, fumados da madeira. Gordo e untuoso, com bela acidez a realçar a fruta, complexo e rico. (13,5%)”.
Esta é uma pontuação que deixará sem dúvida satisfeitos o produtor,  Eng. Rui Cardoso, os amantes do vinho e os resendenses. Contudo, convém referir, em abono da verdade, que este vinho merecia uma pontuação superior. Assim o concluíram as provas cegas com enólogo e os vários jantares de enófilos. Tivera a Quinta da Massôrra um currículo com nome já bem estabelecido na “praça”…e a história seria outra.   

Resende é um dos 12 concelhos do país com poder de compra abaixo de metade (menos de 50) da média nacional*

O INE revela ainda que existem 12 concelhos com poder de compra abaixo de metade (menos de 50) da média nacional.
Os moradores de Lisboa têm quase cinco vezes mais poder de compra comparativamente aos de Sernancelhe (Viseu), o concelho do país com menor poder de compra por habitante (47,36, menos de metade da média nacional que é 50).
“Dos 12 municípios com menor poder de compra per capita manifestado, 10 pertenciam ao Interior da região Norte, distribuindo-se pelas sub-regiões Tâmega, Douro e Alto Trás-os-Montes, e dois ao Interior da região Centro (Dão-Lafões)”, indica o estudo do INE.
Na região do Tâmega, são os casos de Celorico de Basto (47,73), Cinfães (49,35), Mondim de Basto (49,63), Resende (49,93) e Ribeira de Pena (48,87), enquanto no Douro estão nesta situação, além de Sernancelhe, Armamar (49,49) e Penedono (49,83).
No Alto Trás-os-Montes, Valpaços (49,52) e Vinhais (49,00) têm valores inferiores à média nacional, e ainda Penalva do Castelo (49,69) e Vila Nova de Paiva (49,35), na região Dão-Lafões.
 *Retirado do jornal Público (link)

Ventos da Mogueira-Edição de Outubro de 2011

Já foi remetido para os assinantes e já se encontra à venda o número de Outubro do jornal "Ventos da Mogueira", editado pela Irmandade S. Francisco Xavier (irmandadesfxavier@simplesmentenet.pt), de S. Martinnho de Mouros. Inclui, entre outros tópicos,  o editorial, sempre muito interessante, da directora,  Liliana Duarte, correio de leitores, artigos formativos (a propósito do dia mundial da alimentação: alimentação e saúde; e a evolução da protecção social ao longo dos tempos), apontamento relativo à curiosidade do mês (Halloeen), anedotas, passatempos, uma entrevista com Rafael Barbosa (autor do blogue "Notícias de Resende" e estudante de Medicina Dentária), onde relata a luta que travou contra um linfoma (que felizmente venceu), diagnosticado aos 15 anos,  e muitas notícias.
Destas destaco: i) projecto de dança no pavilhão gimnodesportivo, que está a a ser concretizado por Sabrina Rodrigues; ii) obras na capela de Santa Bárbara (remodelação do tecto e reestruturação da galilé), em Peneda,  com custos orçados em 8 000€,  mas com muito trabalho gratuito; e iii)início da catequese em 8 de Outubro na paróquia de S. Martinho de Mouros, que está a ser frequentada por cerca de 40 crianças.
Por fim, na rubrica Destaque do Mês, José António Pereira escreve sobre "O antigamente e o agora da feira de S. Martinho", que se continua a realizar nos dias 1 e 12 de cada mês, mas cada vez com menos afluência, situação agravada, de acordo com algumas pessoas ouvidas, pela mudança para o espaço da antiga feira do gado. Alguns põem a hipótese desta feira se extinguir. Nesta sequência o articulista termina assim: "(...)Numa freguesia do interior, ver a tradição morrer é um aspecto bastante negativo. Cabe a cada um de nós não deixar morrer a feira de S. Martinho".

quinta-feira, novembro 10, 2011

Padre Dr. Joaquim Correia Duarte foi distinguido com o prémio "Anim’Arte Prestígio Carreira"

Embora com bastante atraso, é importante referir que o Sr. Padre Dr. Joaquim Correia Duarte (link)  foi distinguido com o prémio em epígrafe, atribuído pela revista Anim'Arte, um projecto editorial do GICAV (Grupo de Intervenção e Criatividade Artística de Viseu). 
O prémio foi entregue na Gala de homenagem, que decorreu no passado dia 28 de Maio, no Teatro Mirita Casimiro, em Viseu.
Tal como nas edições anteriores, a Gala prestou homenagem pública a 22 agentes associativos e culturais e outras entidades e personalidades do distrito, distinguindo-os na qualidade de agentes de desenvolvimento local e regional, a maioria deles retirados do anonimato através da Revista Anim’Arte (o que não é caso do Padre Dr. Joaquim  C. Duarte),  em reconhecimento do trabalho realizado durante o ano de 2010.
Para além do acima referido, os prémios abrangeram as seguintes categorias:  associação cultural, dirigente associativo, revelação do ano-música, revelação do ano-escrita, acontecimento cultural, produção teatro, produção pintura, produção música, anim'arte tradição, homenagem a título póstumo, anim'arte instituição, anim'arte comunicação social, anim'arte investigação, prémio GICAV, mérito artístico, mérito cultural, prémio ambiente, GICAV B.D. e anim'arte cultura.
O perfil e o percurso do P. Joaquim Correia Duarte foram assim sintetizados: 
"Padre, músico, romancista e historiador. Nasceu na pequena freguesia de Paus no concelho de Resende. Desde cedo se revelou um apaixonado pela história do seu concelho a que dedicou muitas das suas horas tiradas ao sono, pesquisando documentos, interpretando-os e com labor escrevendo as páginas da Monografia de Resende, publicadas em 2 monumentais volumes, a par de outros livros que publicou sobre épocas especificas da história do seu concelho. Pelo meio ainda consegue encontrar tempo para escrever e publicar 3 romances onde o seu espírito de historiador se revela e afirma. É membro de mérito da Academia Portuguesa da História".

"Primeiro as Crianças e depois...as Crianças"

Clique no cartaz para ampliar.

terça-feira, novembro 08, 2011

5.º Magusto Comunitário em S. João de Fontoura

Clique no cartaz para ampliar.

Junta de Freguesia de S. João de Fontoura informa e apoia residentes no pedido da tarifa especial

Não é preciso mais dinheiro para informar e apoiar os cidadãos  no pedido da tarifa social da EDP e de outros benefícios. É só necessário disponibilidade e vontade de ajudar. E ter espírito de iniciativa. 
É por estas e por outras que, caso residisse em S. João de Fontoura,  teria votado na actual Junta de Freguesia e a mesma poderia contar com  o meu voto nas próximas eleições.
Clique no cartaz para o poder ler.

Na Casa de Benfica de Resende

Clique no cartaz para ampliar.

segunda-feira, novembro 07, 2011

Anselmo Borges apresentará o seu ponto de vista sobre Testamento Vital e Eutanásia

Anselmo Borges falará d' "O Corpo e a Transcendência" nas XIV Jornadas Históricas, em Seia

"A História e o Corpo" é o tema que estará em debate nas Jornadas referidas em epígrafe, que se realizarão na Casa  Municipal da Cultura, em Seia, de 10 a 12 de Novembro, que serão coordenadas, à semelhança dos anos anteriores,  pelo Prof. Doutor Fernando Catroga, da Faculdade de Letras da UC. Anselmo Borges abordará a questão d' " Corpo e a Transcendência" no dia 12, sábado a partir das 15.10.
Esta acção de formação está acreditada pelo Conselho Científico e Pedagógico de Formação Contínua para efeitos de progressão na carreira docente.

domingo, novembro 06, 2011

GD de Resende ganhou por 2-0 frente ao Grupo Desportivo e Cultural de Roriz

1ª Divisão/6ª Jornada/Zona Norte:
Moimenta da Beira - Nespereira 3-0
Oliveira do Douro - Sernancelhe 2-1
Roriz - Resende 0-2
Carvalhais - Ferreira de Aves 2-3 
Ceireiros - Boassas 3-2
Sezurense - Vouzelenses 1-2
Foi um jogo difícil em que os jogadores do GD de Resende foram  muito fortes a defender e inteligentes a atacar. O adversário ainda não tinha perdido em casa e vendeu cara a derrota. Ao intervalo estava 0-1 (Matinhas marcou depois de uma grande jogada coletiva...de contra ataque); já na segunda parte,  marcou Caê de grande penalidade sofrida pelo extremo Rui Felisberto.
Parabéns a toda a equipa do GD de Resende e ao seu treinador, Prof. Rui Rebelo, por esta vitória suada, mas bem merecida.

Jornal "Sê..." Novembro de 2011

É um jornal formativo e informativo,  que nos põe ao par do que se passa na paróquia de Resende e que foi distribuído na missa das 12h de hoje na igreja matriz. Já vai no número 182 e  comemorou  no passado dia 2 de Outubro 15 anos. Nele se dá conta que foi reconduzida a actual direcção do Agrupamento de Escuteiros de Resende, capitaneada pelo dinâmico Padre José Augusto.
Pode ser lido e impresso aqui.

sábado, novembro 05, 2011

"Crises são oportunidade para sermos melhores", defendeu Anselmo Borges*

* Em entrevista ao jornal açoriano "A União", que pode ler aqui.

'O Último Segredo'. 2

Pode ler aqui o artigo de Anselmo Borges, publicado hoje no DN.
A propósito desta questão, hoje também abordada no Público, Anselmo Borges lança o seguinte desafio ao autor do livro: "Se José Rodrigues dos Santos realmente descobriu a verdade sobre Jesus Cristo, que até é a figura mais estudada da história, então que escreva um artigo científico ou uma tese e se deixe confrontar pelos seus pares para ficar na história das ciências bíblicas como um nome inapagável". Neste mesmo apontamento, o autor do texto escreve que para Anselmo Borges o problema está em que o autor "quis jogar nos registos ficcional e histórico-teológico ao mesmo tempo e isso não é intelectualmente honesto, porque o leitor não tem a capacidade de destrinçar o que é ficcional e o que não o é".
Ainda no mesmo apontamento,  Anselmo Borges reconhece que a Igreja "deve formar melhor os seus fiéis e promover um maior esclarecimento sobre a figura de Jesus Cristo.  Como em Portugal a Teologia se vai mantendo longe da Universidade Pública, os fiéis ficam-se pela catequese quando são crianças e depois criam-se embaraços como este".

António Borges ao almoço com Sócrates

De acordo com o semanário "Sol", o Eng. António Borges, Presidente da Câmara Municipal de Resende, foi um dos fiéis de Sócrates, que almoçou com o ex-líder do PS no passado dia 23 de Outubro. O repasto decorreu num restaurante do Porto, em Pedras Rubras,  e juntou à mesa, entre outros, Francisco Assis, José Lello,  Manuel Pizarro e Renato Sampaio. Um dos assuntos de conversa teria sido o sentido de voto do PS no Orçamento de Estado/2012.

Torneio de Abertura de Ténis de Mesa "Dr. Albino Brito de Matos"

Clique no cartaz para ampliar

sexta-feira, novembro 04, 2011

Bem visto (2)*

 *E bem escrito por Ivo Borges
Clique nas imagens para poder ler

Bem visto (1)*

*E bem escrito por Ivo Borges

quinta-feira, novembro 03, 2011

Iniciativa e organização do Rancho Folclórico e Etnográfico de Santa Maria de Cárquere

 A vida é sobretudo amizade, feita de convívio e animação, ingredientes desta festa.É uma iniciativa contra a crise que nos invade. Apareçam lá por Cárquere.
Clique no cartaz para ampliar.

quarta-feira, novembro 02, 2011

Jornadas Teológicas em Viseu

Anselmo Borges estará presente na manhã do primeiro dia, em que apresentará duas comunicações.
Clique no programa para ampliar.

terça-feira, novembro 01, 2011

Latada 2011, em Coimbra

 Hoje, dia 1 de Novembro, em cujo cortejo  a Filipa se integrou.

Para que não haja dúvidas: Anselmo Borges fez crítica contundente ao "Último Segredo"

O semanário "O Sol" referiu que Anselmo Borges não hesitou em arrasar o último romance de José Rodrigues dos Santos.
O apontamento do DN, que também pode ler aqui,  faz um enquadramento correcto da apreciação de Anselmo Borges aquando da respectiva apresentação.
Clique na imagem/página do DN para poder ler.